Quer swingar com o casal?

Quer swingar com o casal?
Quer swingar com o casal?

domingo, 24 de junho de 2018

Excesso de sal nas batatinhas....kkk





Olá amigos! Vou contar uma história deliciosa que aconteceu em uma noite de verão.
Eu me chamo Diana, sou uma morena clara de quadril largo, acinturada e cabelos longos e negros. Meu esposo Robson, estava deitado no sofá e pensando umas boas sacanagens, olhou pra mim e disse: Amorzinho vamos sair e se divertir um pouco rsrsrs. Eu logo imaginei pelas risadinhas que ele estaria imaginando uma boa sacanagem. Então, nos abraçamos e fui me arrumar. Coloquei um vestido bem atrevido e quando ele me viu pronta, disse: Nossa!! Está linda, mas fica sem calcinha!! Eu não pensei duas vezes e tirei a calcinha minúscula e ele aproveitou um pouquinho, caindo de boca, com uma sede voraz! Ohhhh...
Depois de deixar minha xana bem arretada, fomos no estacionamento do condomínio pegar o carro e na hora que fui subir na Camionete bateu um vento forte e levantou um pouco meu vestido, e o vizinho que estava saindo do seu veículo ficou de olho, claro que pra minha xana kkkk....
Então fomos dar umas voltas de carro pela cidade, eu estava super molhadinha....depois decidimos chegar em um barzinho, comer um Xis Salada e tomar umas geladas. Ao chegar no barzinho meu querido corninho me perguntou se estava bom ficar naquele lugar. Eu dei uma olhada nas mesas e nas pessoas que estavam no bar e avistei um rapaz moreno que estava com uma companheira e mais um casal conversando, então, observei que tinha uma mesa e estava desocupada bem de frente aonde moreno estava com aquelas pessoas. Depois que sentamos na mesa este moreno lindo não tirou mais os olhos de mim, volte e meia ele disfarçava para me olhar. Eu e meu corninho estávamos de abraços e beijos em quanto o moreno me secava. Numa dessa me ajeitei na mesa e arrumei um pouco meu vestidinho abrindo um pouco mais as pernas e logo os olhos do moreno brilharam pra mim...em dado momento percebi que as companheiras haviam levantado e ido em direção ao banheiro, nisso veio o garçom com uma travessa de batatinhas fritas e deixou na mesa do moreno. Logo, ele pegou o saleiro e começou a encher as batatinhas de sal sem parar. Detalhe, quando mais sal ele colocava naquelas batatinhas, mais ele olhava minha xotinha inchada. Até que seu amigo, vendo o exagero de sal que o moreno colocava nas batatinhas decidiu segurar seu braço afim de parar de colocar muito sal naquele prato de batatas. Nisso, o amigo deu uma olhada pra trás e viu eu e meu esposo, mas não percebeu nada de mais, mas achou estranho seu amigo moreno ter aquelas atitudes e ainda continuava a olhar intensamente. Logo, as companheiras chegaram e continuou as conversar entre eles e reclamaram do excesso de sal nas batatinhas e decidiram ir embora. Todos levantaram e saíram do bar. Eu e meu esposo nos divertimos muito com a cena e continuamos a tomar umas gelada para passar o tempo. Um tempo depois, retornou o moreno sozinho ao bar, sentou em uma mesa e pediu uma cerveja. Nós vimos e eu comentei com meu esposo que ele havia retornado sozinho ao bar, e meu corninho disse para que eu chamasse ele pra nossa mesa. Levantei e fui até sua mesa e me apresentei, convidei-o para sentar conosco, mas ele ficou sem ação e com vergonha, pois meu marido estava ali, então expliquei que meu corninho estava sabendo de tudo o que aconteceu anteriormente e que ele fazia bom gosto que o amigo fosse para nossa mesa. O moreno aceitou e se apresentou a nós como Maurício, disse que havia gostado de nós e adoraria nos conhecer melhor. Ficamos um bom tempo conversando e não tinha mais nenhum cliente no bar a não ser nós três, já estavam afim de fechar o estabelecimento. Meu esposo então disse: podemos continuar nossa conversa lá em casa. Nosso novo amigo sem ser rogado disse: Claro que sim! Chegando em casa, eu disse que já voltaria eu fui para o quarto enquanto eles conversavam na sala. No quarto tirei meu vestidinho e fiquei só de baby doll sem calcinha e fui para sala. Ao chegar na sala, os olhos de Maurício brilharam novamente e o meu corninho disse ao seu novo amigo, aproveita a visita Maurício!! Logo, eu fui abrindo sua camisa e também tirando sua calça até que ele não resistiu e tirou tudo. Me chupou até não aguentar mais e ejaculei tudo o que podia. Depois comecei a chupar seu delicioso mastro bem grosso, só cabia na boca a cabeça e dava várias lambidas naquele generoso 18 cm de cacete.


Meu corninho se deliciava com meus gemidos e chupadas. Não demorou muito Maurício, me colocou de quatro e enfiou tudo na minha bucetinha molhada sem perdão e me chamava de gostosa sem parar. Foi uma noite deliciosa, saímos sem ter nada certo, mas foi melhor se fosse combinado. Por fim virou meu amante, semanalmente nos encontramos para dar boas risadas e fazer um sexo gostoso.
Conto verídico relatado por mim Sra KsalRD.


APOIO:







Um comentário:

  1. Que delicia..benditas as batatinhas heim...
    Uma delicia d conto...inesperado e tao surpreendente
    Deve ter cido otimas gosadas...abço

    ResponderExcluir

Caro amigo(a) se você gostou deste conto, não vá embora sem deixar um comentário. Obrigado!!!

O que é cuckolding?

O que é cuckolding? É um fetiche do homem que encontra prazer sexual em observar sua mulher fazer sexo com outro homem.  É uma variante...