Quer swingar com o casal?

Quer swingar com o casal?
Quer swingar com o casal?

quinta-feira, 31 de maio de 2018

O apoio que Diana DEU a paralisação dos caminhoneiros!!!







Olá amigos que nos acompanham no blog, hoje vou contar sobre o apoio que minha esposa resolveu dar a paralisação dos caminhoneiros!!!
Tudo começou quando Diana resolveu que devíamos ir apoiar a paralisação feita pelos caminhoneiros, Lógico que já vi no rosto de Diana a sua intenção, ela queria DAR apoio total aos caminhoneiros inclusive foi se arrumar e ficar super sexy e provocante para isto ela colocou um vestidinho super curto que aparecia a polpa da bunda deliciosa que ela tem, quem já provou sabe do que eu estou falando.

 

No caminho ela veio me dizendo que como iríamos passar o fim de semana sozinhos em casa ela iria oferecer abrigo e um local para que alguns caminhoneiros que estivessem longe de casa pudessem descansar e tomar um banho bem gostoso, eu já imaginei o que ela estava desejando, ao chegarmos no local haviam muitos caminhões parados, Diana desceu do carro com uma caneta na mão na hora não entendi, os olhares foram todos para ela e como é muito safada caminhava um pouco e deixava a caneta cair no chão e se curvava para pegar deixando a mostra toda sua bundinha e também sua bucetinha pois a bandida havia ido sem calcinha, os caminhoneiros logo se aproximaram de nós lógico que também estavam de olho na minha esposinha.
Diana olhava pra mim e dizia quero convidar aqueles caminhoneiros que sejam de longe de preferência do norte ou nordeste, pois já ouvi falar que são bons de tudo e deu uma rizadinha bem sarcástica eu só balancei a cabeça em sinal de aprovação até porque faço tudo para minha dona, então começamos a andar entre os caminhões e achamos 4 com placas de longe e logo eu perguntei para aqueles que estavam nos seguindo quem eram os motoristas dos caminhões. Não demorou muito e apareceram 4 machos, olhei para Diana que ao vê-los se alvoroçou, então coube ao seu corninho manso e escravo no caso eu, chamá-los de canto e oferecer um chuveiro e uma cama, lógico que eu nem terminei de falar e o mais velho deles já foi dizendo que aceitaria pois tava precisando muito, seu nome era Adilson tinha 58 anos e era natural do sertão do Piauí, ao ver que ele havia aceito os outros 3 também aceitaram, eram eles Jairo um amazonense de 33 anos, Claudisnei um Cearense de 28 anos e Edivânio um sergipano de 40 anos, enquanto eu conversava com nossos amigos Diana já estava conversando e fazendo amizade com outros caminhoneiros, já havia pego e passado contato para eles, cheguei e disse a ela que podíamos ir, que os amigos, apresentei cada um para ela, iriam conosco, nunca ví uma mulher ficar tão feliz.
Chegamos no carro e Diana quis ir no banco de trás entre o Adilson e Jairo enquanto no último banco sentou Claudisnei e ao meu lado oi o Edvânio, saí bem devagar propositalmente, quando ouvi risos e os amigos falarem que delícia, ai comecei a espiar através do espelho e vi minha esposinha coma as pernas abertas postas uma em cima de cada perna dos amigos e eles brincando em sua bucetinha coma as mãos, nossa fiquei duro na hora e quando Edivânio se deu conta não parou mais de olhar, nisso Claudisnei já tava com o pau para fora batendo uma.
Chegamos em casa, coloquei o carro na garagem e descemos, Diana estava já nua, abri a porta da casa e ela já chamou todos e foi levando eles para o nosso quarto e dizendo, olha amigos eu e meu corninho vamos tirar a roupa de vocês, não quero que vocês fiquem sem jeito mas enquanto tiramos suas roupas eu e ele iremos chupá-los e depois fazermos rodízio de paus na boca, e depois vamos todos juntos tomar um banho delicioso na nossa banheira que vai caber tidos nós, ops quero dizer nós 5 pois o corno do Robson vai só ficar assistindo, nossos amigos se ouriçaram. Começamos a tirar a roupa deles, cada um com um pau que pareciam uns cavalos, porém o que mais chamou a atenção de Diana foi do Adilson, nossa que pau enorme, mal coube nas nossas bocas, após despi-los começamos a mamar sem dó.
Após uns 30 minutos de felação Diana os levou para a banheira que eu já havia ido rapidinho encher para eles. Nossa eu fiquei no quarto tirando a roupa enquanto Diana era chupada nas tetas por cada um dos amigos, fui até o banheiro e vi aquela cena maravilhosa, após minha esposinha dar banho nos amigos, foram para sala todos nus, ela ordenou que eles sentassem no sofá um ao lado do outro e aí começou a maravilhosa foda dela.
  

 Diana sentava no colo de cada um dos amigos e ficava cavalgando no pau de cada um deles era delicioso ouvir os gemidos deles, foi então que ela disse, quem desejasse também podia comer o meu cu, nisso logo veio Claudisnei por trás de mim e me mandando ficar de 4, obedeci e Jairo também veio me oferecendo o pau para chupar, mamei e o rodízio de paus na minha bunda e nos buracos da minha esposa eram constantes, até que lá pelas tantas Diana pediu para Claudisnei, Jairo e Edvânio que ficassem na sala arregaçando minha bunda, pois ela queria ficar fuder e namorar muito com o Adilson e que logo ela chamaria eles para arregaçarem ela mais ainda, ficamos então na sala eu e meus 3 machos e ela foi com o Adilson para a nossa cama e enquanto eu gemia com o rodízio que era feito na minha bunda, nós ouvíamos os gemidos altíssimos e os gritos de Diana pedindo para ele socar tudo dentro dela e gozar, 5 minutos depois o Adilson vem até a sala e diz que Diana queria que eu e os amigos fosse para o quarto, Chegamos lá e ela mandou eu limpar toda a sua buceta cheia de leite do Adilson e também desse um trato legal nele enquanto ela seria dos outros amigos, fiz minha parte fui dar algo para ele beber e comer enquanto lá da cozinha se ouvia-se os gritos de Diana fudendo.
Após muita foda entre todos, os amigos foram gozar na boca da minha esposinha e era tanto leite que saía que deu para nós dividirmos e nos esbaldarmos. 

Logo nossos amigos Jairo, Edvânio e Claudisnei foram fazer uma boquinha e se aprontar para voltar ao acampamento, ficando no quarto somente a Diana e o Adilson. Fui chama-los para irmos de volta e para minha surpresa Diana pediu que eu levasse os outros 3 amigos de volta pois ela queria dormir agarrada no Adilson e fuder mais com ele, fui então e levei os amigos.
Ao voltar já ao abrir a porta já se ouvia os gemidos dela fui pé por pé até o quarto e vi Diana cavalgando enlouquecidamente no pau do Amigo, deixei-os namorando a noite toda e fui dormir na sala só para ouvir os gemidos deles e também para ficar batendo muita punheta.
E Diana gostou tanto de fuder com o Adilson que ele ficou 1 semana dormindo com ela!!!!
Inclusive ele disse que sempre que vier pra cá ele vai querer meter nela e Diana teve sua prova tirada a Limpo de que realmente os machos do norte e nordeste tem uns paus enormes e deliciosos, mas que aqui no sul também tem uns que são enormes e umas delícias e estão mais próximos.
Não importa de qual região você seja, nem de qual país ou continente se teu pau for grosso e grande a Diana vai querer te dar.

Conto escrito pelo Corninho Sr. KsalRD

Espero que tenham gostado e deixem seu comentário!!!















sábado, 19 de maio de 2018

Festa Surpresa para o Amante da minha esposa.


 

Olá amigos o que passo a relatar é um fato verídico que aconteceu na semana passada.
Bem alguns já me conhecem  de contos passados e outros ainda não então vou me apresentar, Eu me chamo Robson sou um corninho bem manso e minha esposa é a Diana uma linda e deliciosa morena, mas vamos ao fato que venho a relatar.
Tudo começou quando minha esposa chegou  tarde da noite porque havia saído com o seu amante e como de praxe trouxe meu presente no meio das suas pernas, enquanto ela esfregava a buceta cheia de leite do seu Amante começou a comentar comigo que queria fazer algo especial para o Saulo pois no fim de semana seria seu aniversário e queria uma coisa especial para comemoração, e enquanto eu chupava e sugava todo o leite que o Saulo havia depositado na buceta da Diana, minha esposinha querida começou a pensar em chamar alguns amigos e amigas e fazer uma festa surpresa, eu só balancei a cabeça concordando afinal sou grato ao Saulo pelos deliciosos presentes que ele me envia dentro da buceta da minha esposa, Diana mandou eu terminar pois queria tomar um banho pois teria que dar uns telefonemas, na mesma hora intensifiquei e terminei rápido.
 Diana tomou seu banho e começou as ligações, mais de horas depois no telefone e ela  me olha e diz:
-Pronto Corninho meu amante terá uma festa surpresa digna de um bom comedor.
 Três dias depois chega a noite da festa, Diana me dá um endereço e me manda ir para lá e receber os convidados e auxiliar a sua amiga Andréia que já estava a par de tudo e iria organizar a festa, enquanto minha esposinha iria esperar o Saulo para comemorarem o seu aniversário, lógico que como um corno bem mandado fiz o que ela mandou.
Cheguei no local era uma casa enorme e Andréia já me aguardava, entramos e começamos a arrumar tudo, cerveja no freezer, bastante comida e o bolinho em formato de buceta, aos poucos os amigos começaram a chegar e Andréia  pedia para que todos ficassem nus e  colocassem suas roupas na sala ao lado, lá pelas 23 hrs Diana e Saulo chegam na casa, minha esposinha disse ao amante que a Andréa havia emprestado a casa para eles poderem trepar tranquilos sem ter pressa e nem horário para irem embora e assim poderiam comemorar deliciosamente.
Diana abriu a porta e entrou silenciosamente em quanto estávamos todos nus e no escuro, Saulo veio logo atrás e quando entrou na sala todos nós aparecemos com o bolo e as velinhas acessas e cantando parabéns, Saulo ficou sem reação e enquanto nós cantávamos os parabéns Diana fazia um Strip, Saulo Soprou as velas e logo beijou Diana  ardentemente e começou a chupar os seios dela. Diana então ordenou que eu ajudasse a tirar a roupa do seu amante, e logo ela estava mamando em seu belo pau e eu ajudando,  e logo todos na festa estavam se chupando e metendo deliciosamente, os gemidos eram altos e o rodízio entre os amigos eram constantes, Andréia chupava e se esfregava na sua amiga eu olhava e brincava de vez em quando com algumas bucetas e com alguns paus enquanto Diana e Saulo metiam sem dó,  no meio da sala.
A festa foi até as 10 hrs do outro dia e minha linda esposinha estava ali cheia de leite do seu amante, lógico que ela me chamou e mandou eu beber tudinho e dar uma deliciosa chupada no pau de Saulo pois ela queria ele bem limpinho pois iria usar mais ele o restante do dia na nossa cama.
Mas isto é outra história.






domingo, 13 de maio de 2018

Churrasco quente com a turma da Faculdade!!

 

  Sabe aquele churrasco entre amigos que toda a turma se reúne para matar a saudade? Pois é, os convidados saciaram não só a saudade, mas todos os desejos e fantasias sexuais. Como todos os anos, reunimos a galera da Faculdade para um encontro, que sempre acontece em uma chácara nos arredores da cidade. A festa estava tranquila, com apenas 10 pessoas, muito diferente das 40 que normalmente costumavam ir. Com muita bebida, logo surgiu a ideia clássica da brincadeira ‘verdade ou desafio’. A primeira fui eu e escolhi o desafio, louca pela diversão. O pedido veio do meu marido, que falou para eu dançar sensualmente em frente ao seu antigo colega. Envergonhada, me levantei, ajeitei o biquíni e comecei a dançar e rebolar até o chão, no ritmo da música que tocava no rádio… Entre assovios e palmas, percebi o volume crescendo na bermuda do colega, que passou a me olhar de um jeito tarado. Corada de vergonha e curiosa em saber o rumo que aquela brincadeira ia tomar, girei novamente a garrafa, que apontou para um dos meus amigos. Resolvi arriscar um pouco mais e mandei que ele tirasse, com a boca, a parte de cima do biquíni de uma das meninas da roda. Os homens aplaudiram a ideia e as mulheres, apesar de envergonhadas, se renderam à situação… Ele se levantou, caminhou até outra coleguinha e, apenas com os dentes, arrancou a minúscula peça que ela usava, revelando seios lindos, que delatavam a excitação que ela estava sentindo. Meu amigo, já embriagado, se aproveitou da situação e deu uma leve mordida em seu mamilo, um gesto que foi o ponto de partida para a noite mais louca que vivemos. Bruna, gemeu alto com a surpresa e puxou a cabeça do meu amigo para junto de seu peito. A mordida virou um chupão, que evoluiu para um beijo na boca, seguido imediatamente por todos que estavam na roda. Meu marido partiu para cima de uma colega, que já estava nua, sendo saboreada por nosso colega. Eu me livrei do biquíni e agarrei meu colega, louca para receber aquele volume entre as minhas pernas. Sentei sobre sua cintura e direcionei seu pau para a entrada da minha vagina. Coloquei uma camisinha e enfiei aquele mastro em mim, tudo de uma vez. Rebolava, gemia e gritava como se estivesse em um filme pornô! Todos estavam envolvidos naquela brincadeira! Pela primeira vez, beijei outra mulher e, para minha surpresa, foi muito bom, tão profundo quanto o beijo de um homem, só que muito mais carinhoso e envolvente! Meu colega e um amigo decidiram testar meus limites e começaram a me penetrar ao mesmo tempo, pela frente e por trás! A sensação de ser totalmente preenchida era ótima, ainda mais quando recebia os beijos e os carinhos de Bruna. A transa durou até o nascer do sol e eu perdi as contas de quantas vezes cheguei ao orgasmo! A brincadeira foi tão boa que passamos a ter duas festas por ano, uma com a turma toda e outra, muito mais interessante, apenas para aqueles casais! 

Redigido pela Sra. KsalRD baseado no conto de Lirian Coelho




 

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Minha esposa mandou eu ficar só olhando e participar só quando ela mandasse!!!



Olá amigos, para quem ainda não me conhece sou o Sr. RD um corno assumido, submisso e que faz tudo que a esposa manda.
Vamos ao relato verídico que venho contar aos amigos.
No dia 28/05/18 estávamos em casa a procura de uma diversão sexual, pois minha esposa estava já pegando fogo e como sou um corninho muito obediente passei a semana todo só sentindo o cheiro da bucetinha dela sem poder come-la pois ela havia imposto isto, pois queria se guardar para o próximo macho que fosse come-la, porém ela já estava pegando fogo e subindo as paredes, como fazemos parte de um site de swing, começamos a olhar e procurar um comedor de pau bem grosso, busca vai busca vem encontramos um amigo no qual a minha esposa logo ao ver as fotos ficou uma cachoeira super molhada, ela então começou a conversar com ele e marcamos o encontro para logo mais a noite, porém como ela havia conversado com ele via whats eu não fiquei sabendo o teor da conversa.
 Lá pelas 19 hrs minha esposinha começou a se arrumar, mandou eu depilar sua buceta e deixar bem lisinha pois ela seria muito usada aquela noite,  e ordenou que eu depilasse meu peito e também deixasse bem lisinho (já que tenho mamilos gordinhos que ficam parecendo tetinhas), e depilasse minha bundinha também pois como ela adora me ver rebolando também em uma vara eu já havia sacado o que aconteceria, engano meu eu havia tirado conclusões muito precipitadas, minha linda esposa colocou um vestidinho bem curtinho e já foi sem calcinha..
Logo chegou a hora de irmos para a diversão, chegamos no local marcado e não demorou muito chegou um carro e dentro estava um rapaz bem educado, aparentando uns 42 anos, magro e bem bonito, como nós estávamos sem carro ele pediu para entrarmos no carro, o que prontamente foi feito, eu no banco de trás e minha mulher no banco da frente, e o amigo não se fez de rogado, assim que minha mulher fechou a porta do carro ele já tascou um beijo bem demorado nela, para depois se apresentar seu nome era Saulo, nossa eu já fiquei de pau duro só de ver ele devorando ela com aquele beijo na boca, após ele se apresentar minha esposinha levantou sua sainha e mostrou sua bucetinha e perguntou se estava do jeitinho que ele gosta, logo nosso amigo foi passando a mão e já vendo que ela estava uma cachoeira de tesão, ele logo disse que estava uma delícia, partimos em direção a sua casa pois ele residia sozinho. Chegamos no seu apto, Saulo abriu a porta e já foi agarrando ela e outra vez a beijando como se fossem amantes, confesso que quase gozei só de ver eles assim, em segundos minha esposa já estava abrindo as calças  dele e conferindo seu pau que nossa era muito grosso, não muito comprido, mas extremamente grosso, ela caiu de boca e mandava eu olhar dizendo:
- Olha CORNO isto sim é um belo pau, vou fuder a noite todinha com o Saulo!!!
Nossa eu já tava com água na boca louco que minha esposa me mandasse experimentar o gosto dele, que logo ela o fez, não me fiz de rogado mamei como se fosse um bezerro faminto de tão gostoso era o pau dele, e enquanto eu mamava ela tirava o vestido e deitava no sofá se oferecendo para ele dizendo:
- Vem meu comedor mostra para este CORNO como é que se fode uma puta!!!
Saulo então tirou o pau da minha boca e foi para o sofá, chupar a buceta da minha esposa, ficaram ali um tempinho sem avançar o sinal, pois sem eu saber eles estavam esperando mais uma pessoa.
Após uns 20 minutos de chupação um 69 delicioso de ver, toca a campainha e o Nosso amigo Saulo diz para minha esposinha ir atender a porta do jeitinho que estava, ela não se intimidou e foi abrir a porta, logo entrou um homem lindo, mais lindo que o Saulo e mais alto devia ter uns 1,80 m, logo olhou minha esposa e disse :
- Oi eu sou o Marcelo, o Saulo me convidou para fazermos uma festinha a 3, nossa vc deve ser a Diana, UAU!! Que delícia você é, Saulo meu amigo vamos fazer ela gemer muito!!! aí ele olhou pra mim e disse : - Este deve ser teu corno, tudo bem seu corno, é bom vc saber que depois que começarmos a fuder tua esposa tu tens que ficar bem quietinho viu!!!
Fiz sinal de positivo e nem abri minha boca pra nada kkkk.
Marcelo já agarrou Diana e começou a enfiar os dedos na buceta enquanto Saulo batia uma punheta, e fez sinal para todos irmos para o quarto, chegamos no quarto  Diana já foi tirando a roupa de Marcelo que também tinha um pau grosso e comprido, era proporcional a sua altura, minha esposa abocanhou totalmente, e fez um delicioso Boquete nele, Saulo então se colocou ao lado do Amigo e deixaram os 2 paus para Diana mamar, foi quando minha esposa pediu para Saulo fazer aquilo que ela havia combinado com ele e olharam pra mim!!!

 Saulo saiu do quarto e veio com uma cadeira, algemas e um consolo do tamanho do pau do Marcelo, Diana colocou o consolo que tinha ventosa na cadeira, mandou eu virar de costas para os machos que começaram a passar salivas no meu cuzinho, senti o que iria acontecer, depois de bem lambuzado ela mandou que eu sentasse no consolo, sentei, no início doeu um pouco mas aos poucos entrou e me senti preenchido, lógico que eu preferia o pau de um dos machos me arrombando, mas como não me deram me conformei com o consolo, após eu sentar Diana mandou eu colocar os braços para trás, fiz e o Marcelo me algemou, enquanto minha esposa dizia pra mim:
- Olha aqui CORNO, você vai ficar aí olhando dois machos de verdade me comerem, mas como sou boazinha deixei este brinquedinho no teu cuzinho para você rebolar enquanto eu fico gemendo no pau dos meu machos.
e caíram na cama e o Saulo já foi metendo na buceta enquanto Diana molhava bem o Pau do Marcelo e assim foram revezando, então lá pelas tantas minha esposinha pediu para que eles fizessem uma DP nela logo pensei Diana vai ser rasgada ao meio com 2 paus deste calibre, mas antes ela mandou que eles mamassem na minhas tetinhas e batessem na minha cara com seus paus, eles o fizeram com maior gosto, nossa quase gozei quando revezavam com a boca nas minha tetinhas e me davam o pau para chupar.

Diana então chamou-os para comerem os seus buraquinhos sedentos, mas pediu para Marcos soltar minhas algemas pois queria que eles gozassem na minha cara para que eu bebesse todo o leite. Os machos então começaram a meter nela que urrou quando os 2 paus entraram e aos poucos começaram a bombar, Diana gritava e pedia que socassem mais, eles ficaram ali por uns 30 minutos metendo nela que havia gozado já umas 5 vezes, foi quando eles tiraram seus paus e mandaram eu deitar na cama de barriga pra cima e começaram a se punhetar, não demorou muito Saulo começou a jorrar leite na minha boca que Diana segurava, mesmo quase desfalecida de tanto fuder, mantinha aberta me fazendo engolir tudo, logo em seguida foi a vez de Marcelo jorrar muito leite que também bebi tudinho para delírio de Diana.
Logo que Marcelo gozou, Diana pediu para que eles fizessem a segunda parte do que havia combinado com Saulo, e os dois me pegaram pelos braços e me levaram em direção ao banheiro, mandaram eu ajoelhar na parte de dentro do box e tanto Saulo como Marcelo começaram a me dar um banho de chuva dourada, nunca havia experimentado e adorei, enquanto eu ficava ali tomando banho eu ouvia os gemidos e gritos da minha esposinha que estava outra vez dando para os machos, quando entrei no quarto ela estava sentada no pau de Marcelo e chupando o Saulo, que mandou eu ir para a sala e dormir e ficar bem quietinho como um ótimo corninho manso e submisso, foi o que eu fiz então, lá pelas altas horas da madrugada acordei e ouvi Diana ainda gemendo, fui pé por pé até o quarto e ela estava outra vez fazendo DP, voltei para a sala e dormi outra vez, não quis
incomodá-los,  na manhã seguinte acordei cedo fui olhar e minha esposa estava dormindo no meio dos machos, fui até a cozinha preparei o café bem reforçado, Lá pelas 10 hrs eles acordaram e Diana era uma felicidade só, inclusive a partir daquele dia ela nomeou-os como seus amantes fixos. Marcelo inclusive já veio me dando ordem e me proibindo de comer Diana, que a partir de agora eu iria somente sentir o cheiro e bater punheta, pois pelo menos uma vez na semana ela iria fuder com eles, e como eu não sou um macho a altura dela eu seria só o cheirador de buceta  punheteiro e quando um deles ou os dois fossem dormir na nossa casa eu dormiria no sofá e não atrapalharia a foda deles.
 E nesta semana Diana me mandou um recado dizendo que o Marcelo iria buscá-la no serviço e  dormiria com eles, mas que iria me fazer uma surpresa que pelas 20 hrs iria chegar a minha surpresa na nossa casa que era para eu aproveitar bem, pois o Saulo havia gostado de mim e quis me fazer este agrado.
Pelas 20:30 hrs toca a campainha eu atendo e um rapaz se identifica como Leonardo e diz que o Saulo havia mandado ele ir lá brincar a noite toda com um viadinho, Nossa mandei-o entrar e já fui agarrando o macho, que me fez sua mulher a noite toda!!!
Espero que tenham gostado!!!
Bjs do Sr. KsalRD.












O que é cuckolding?

O que é cuckolding? É um fetiche do homem que encontra prazer sexual em observar sua mulher fazer sexo com outro homem.  É uma variante...